Browsed by
Tag: Platão

A CAVERNA DE PLATÃO (II)

A CAVERNA DE PLATÃO (II)

Continuando a reflexão sobre a Alegoria da Caverna de Platão, ou simplesmente “A Caverna”, como a partir de aqui a chamaremos, segue um segundo ensaio dando sequência ao tópico iniciado em Julho deste ano. Trata-se de uma transmutação daquele esboço inaugural, motivo pelo qual o leitor assíduo reencontrará conceitos conhecidos. A Alegoria da Caverna se encontra no sétimo livro da República, de Platão. A República – em grego Πολιτεία, na transliteração latina, Politeía – foi composta no século IV antes de Cristo e é um dos maiores tesouros…

Read More Read More

Share
A CAVERNA DE PLATÃO (I)

A CAVERNA DE PLATÃO (I)

A Caverna é a descrição de um inusitado espetáculo de ilusionismo, um teatro de sombras sinistro em cuja volta acontece uma transformação tão ominosa quanto a encenação mesma. Os espectadores são prisioneiros; o subsolo, o claustro no qual cumprem sua pena; a obra representada, nada além de uma miragem. Mas então um prisioneiro abandona a gruta e, de escravo que era, devém liberto. Na superfície, o liberto descobre o mundo iluminado pelo Sol e o próprio Sol, se emancipa finalmente da…

Read More Read More

Share
EDITORIAL: A QUESTÃO AMBIENTAL

EDITORIAL: A QUESTÃO AMBIENTAL

A questão ambiental é, tanto quanto a da edição do genoma humano, um assunto que demanda atenção imediata na época contemporânea. O terceiro tópico do blog estará, portanto, dedicado a ele. A modo de introdução, oferecemos neste editorial a entrevista de #Filosofia Pop à professora Déborah Danowski. Danowski é membro da primeira e por enquanto única linha de pesquisa no país sobre o assunto (Filosofia e questão ambiental, PUC-RJ). No podcast que segue, ela se debruça sobre conceitos fundamentais como antropoceno,…

Read More Read More

Share
Platão e os Totalitarismos: a crítica de Popper

Platão e os Totalitarismos: a crítica de Popper

O livro A Sociedade Aberta e seus Inimigos, do filósofo austríaco Karl Popper, é um dos textos de filosofia política mais importantes da modernidade [i]. De ascendência judaica, porém naturalizado britânico, Popper publicou por primeira vez em Londres e em inglês The Open Society and its Enemies em uma data sugestiva:1945. Tendo sobrevivido às Grandes Guerras na condição de intelectual e de exilado, a aguda inteligência de Popper, conhecida fartamente pela reflexão em torno à lógica da ciência, condensou reflexões finíssimas sobre os acontecimentos…

Read More Read More

Share