Browsed by
Autor: Germer G. M.

Pesquisador em Filosofia Alemã, com ênfase em Schopenhauer. Possui pós-doutorando em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP, 2017), Pós-Doutorado (Universidade Estadual de Maringá / CAPES, 2017), Doutorado (Universidade Estadual de Campinas / FAPESP, 2015), Mestrado (UNICAMP / CNPq, 2010), Licenciatura (UNICAMP, 2008) e Bacharelado (UNICAMP / FAPESP, 2007) em Filosofia. Membro da Comissão Editorial da “Revista Voluntas: Estudos sobre Schopenhauer” (Nota QUALIS B1), sua Tese “A crítica da religião como ponto de inflexão: Freud na proximidade da ‘Escola de Schopenhauer’” se encontra em caminho de publicação. Realizou estágio de Doutorado Sanduíche na Università del Salento / Itália, com o Prof. Dr. Domenico Fazio, foi orientado pelos Profs. Drs. Oswaldo Giacoia Jr. e Luiz Roberto Monzani e tem experiência nas áreas de Filosofia da Religião, dos Costumes (Ética), do Belo (Estética) e da Psicanálise. É editor e administrador do blog O.Phi e gerador frequente de conteúdos.

TREVAS OU CIÊNCIA: SUPERAREMOS O VERDADEIRO 1 X 7 ?

TREVAS OU CIÊNCIA: SUPERAREMOS O VERDADEIRO 1 X 7 ?

A Copa do Mundo se aproxima. Galvão Bueno está afoito. A seu lado, também se anima o autor da célebre frase: “Não se faz Copa do Mundo com hospitais”. Até porque, a Copa é uma ótima ocasião para reencontrar os amigos da FIFA que não estão presos. Até agosto de 2018, a mídia já possui seu tema: futebol, Venezuela e desacordos político-jurídicos. Em outubro, de repente, eleições. Em outro momento, falaremos da saúde e a beleza do futebol-raiz reinventado por…

Read More Read More

Share
TEMPO ORIGINÁRIO, ESPERANÇA E UTOPIA - Em memória de Carolina Blasio da Silva e Maria Érbia Carnaúba

TEMPO ORIGINÁRIO, ESPERANÇA E UTOPIA - Em memória de Carolina Blasio da Silva e Maria Érbia Carnaúba

Com enorme tristeza e transtorno, nós lamentamos o falecimento das Dras. Carolina Blasio da Silva e Maria Érbia Carnaúba. Ambas as filósofas da Unicamp eram muito queridas no meio acadêmico, e farão uma enorme falta em nosso caminhar. Com colossal indignação, também protestamos contra a falta de segurança do aeroporto de Viracopos, que, diferente do que afirmou a mídia, foi a responsável pelo acidente que privou-nos de ambas as mulheres, em 26 de agosto de 2017. Essa tragédia evidencia o…

Read More Read More

Share
O BRASIL COMO LUPA DO CONCEITO DE CONTRADIÇÃO DA ALMA DE MONTAIGNE

O BRASIL COMO LUPA DO CONCEITO DE CONTRADIÇÃO DA ALMA DE MONTAIGNE

Lula foi corretamente condenado a nove anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Rousseff foi retamente desapossada da presidência por pedaladas fiscais, decretos de crédito suplementar sem autorização e financiamento ilegal de campanha. Dirceu e Palocci não são mártires sem culpa em seus vai-e-vens à prisão. Contudo, muitos líderes da direita seguem sem punição. Em nome da saúde social, defenderemos aqui a importância da constância jurídico-política, isto é, a necessidade de que todas as partes da população…

Read More Read More

Share
O ESTADO ENTRE A JUSTIÇA SOCIAL E A JUSTIÇA POSITIVA

O ESTADO ENTRE A JUSTIÇA SOCIAL E A JUSTIÇA POSITIVA

No dia 12 de julho de 2017, a direita abriu Champagne diante da morte jurídica do maior líder de esquerda do Brasil de todos os tempos, Luiz Inácio “Lula” da Silva. Neste momento, a justiça mostrou seus dentes, do modo como o filósofo britânico T. Hobbes (1587-1666) nos fez imaginar que é de seu feitio fazer. A besta mitológica Leviatã, comparada pelo pensador ao Estado, saiu das profundezas e exalou seu hálito na superfície: nove anos de prisão a Lula…

Read More Read More

Share
O QUE DESCARTES DIRIA A TRUMP

O QUE DESCARTES DIRIA A TRUMP

Nem bem assumiu a presidência, Donald Trump bateu um recorde histórico de impopularidade. Segundo a agência de pesquisa Galoup US Daily, o potentado registrou, em 11/3/2017 e após um mês e meio de assunção do cargo, a marca histórica de 49% de reprovação e 45% de aprovação. O dado positivo é aproximadamente 20% inferior ao da maioria dos presidentes anteriores, no início do mandato. Pergunta-se agora o porquê da rejeição tão alta e precoce.   Trata-se de um fenômeno curioso pois,…

Read More Read More

Share
DOIS PILARES DA PESQUISA CIENTÍFICA: DEDUTIVISMO E FALSEABILIDADE

DOIS PILARES DA PESQUISA CIENTÍFICA: DEDUTIVISMO E FALSEABILIDADE

Na bandeira do Brasil, lemos: “Ordem e Progresso”. Trata-se de uma abreviação do lema Positivista de Comte: “o Amor por princípio, a Ordem por base e o Progresso por fim“. Não é muito comum que bandeiras estampem palavras, talvez porque mesmo os vocábulos mais interessantes, como “Sabedoria”, “Beleza”, e “Liberdade”, podem facilmente se desgastar sobre o pano nacionalista.   No entanto, vivemos em um país positivista, e em um mundo positivista. E isso nossa bandeira exibe muito bem. O Positivismo, conforme Sabato, foi…

Read More Read More

Share
Nietzsche e o nazismo

Nietzsche e o nazismo

De um lado, Adorno escreve, com razão, que “a exigência de que Auschwitz não se repita deve ser a primeira de todas para a educação”[1]. De outro, uma série de leitores apressados acusam Nietzsche de alimentar uma filosofia nazista e antissemita. Biograficamente essa acusação não prossegue, pois sabemos por exemplo que Nietzsche se recusou a comparecer ao casamento de sua irmã, Elisabeth Förster-Nietzsche, em repúdio ao antissemitismo de seu cunhado, B. Förster. Mas fora fatos biográficos, a leitura atenta da Primeira…

Read More Read More

Share