Língua e cultura kaingang no IEL

Povo kaingang. Créditos: Portal Kaingang http://www.portalkaingang.org
Prof. Selvino Kókáj (de vermelho à esq. na imagem) no I Simpósio Internacional sobre a Língua Kaingang, IEL/UNICAMP, 2012

A partir  de 2 de agosto de 2017 será desenvolvida no IEL a proposta de ensino/pesquisa na graduação: “A língua Kaingang viva: pesquisa e prática de uma língua indígena brasileira”, do prof. Selvino Kokaj Amaral, promovida pelo prof. Wilmar  D’Angelis.    A proposta,  encaminhada pela Coordenação do curso de Bacharelado em Linguística , foi selecionada entre outras pela Pro-reitoria de Graduação – Unicamp  dentro do PROGRAMA PROFESSOR ESPECIALISTA VISITANTE .

O prof. Selvino Kókáj Amaral, falante nativo de língua Kaingang e com experiência de pesquisa acadêmica sobre essa língua, estará atuando como docente nas disciplinas:

HL481-A – Línguas Indígenas I ( 2° f. de 10-12h e 4° f. de 8-10h) sala CL03 – IEL

HL174-C – Tópicos de Línguas Indígenas (4°f. 21-23h) sala CL04 – IEL

Estudantes regulares da Unicamp podem se inscrever nas disciplinas no período de alteração de matrícula (30-7 a 1-8) pelo sistema de matrículas da DAC.

Curso Extra-curricular

Destinado principalmente à comunidade externa, mas não exclusivamente, o prof. Selvino ministrará também o Curso extra-curricular Língua Kaingang viva: pesquisa e prática em uma língua Jê, às 3° f. de 14:30-17:30h na sala CL01 – IEL, com início em 15 de agosto de 2017. Quem tiver interesse deve contatar o prof. Wilmar D’Angelis ( wilmar.unicamp@gmail.com  )

As atividades do professor especialista visitante incluem ainda palestras abertas ao público, reuniões de trabalho com docentes e alunos e a finalização de um dicionário escolar do dialeto kaingang paulista.

Saiba mais sobre a língua e a cultura kaingang, visite o PORTAL KAINGANG.

Selvino Kókáj

Selvino Kókáj é natural da comunidade kaingang de Guarita, no Noroeste do Rio Grande do Sul. Destacou-se como aluno brilhante, em Linguística, no Curso Vãfy, de formação de professores indígenas em Magistério (Ensino Médio), entre 2001 e 2006, um curso desenvolvido em parceria da Universidade de Ijuí, com a FUNAI e organizações indígenas, e que contou com docente da Unicamp.
Integrou-se ao Projeto Web Indígena (uma iniciativa em parceria do Grupo de Pesquisa InDIOMAS e da ong KAMURI), desde 2008, e nos anos de 2011 e 2012 capacitou-se como gestor da página “Kanhág Jógo”, o primeiro (e ainda único) website totalmente em língua indígena no Brasil, do qual tem sido o principal colaborador.  Visite o site Kanhág Jógo

Prof. Selvino Kókáj Amaral ministrando oficina de Web Indígena

 

Selvino trabalha, atualmente, na redação de um livro acerca de aspectos da língua kaingang.
O curso de Língua Kaingang, a ser ministrado por ele durante o semestre de sua estadia no IEL, ocorrerá na forma de pesquisa colaborativa. Não se trata de um curso para “falar kaingang” (embora aspectos centrais da sintaxe e da morfologia sejam apresentados), mas um curso para pensar sobre uma importante língua da família Jê (o Kaingang, sozinho, responde por mais de 40% dos falantes de línguas da família Jê).

Saiba mais sobre a língua Kaingang clicando aqui.

CC BY-NC 4.0 Língua e cultura kaingang no IEL by MONICA GRACIELA ZOPPI FONTANA is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

About MONICA GRACIELA ZOPPI FONTANA 14 Articles
Linguista. Fez graduação em Letras na Universidad de Buenos Aires (Argentina) e Doutorado em Linguística na Universidade Estadual de Campinas. É professora Livre-Docente e Coordenadora do Curso de Linguística da Unicamp. Pesquisa o funcionamento da significação na linguagem e as formas históricas de produção e circulação dos discursos na sociedade.

1 Comentário

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.